Curando a mágoa

Post 17 Mágoa

Na vida existem momentos em que sentimos raiva, culpa e indignação quando sofremos ou achamos que sofremos algum de tipo de injustiça, ou alguém nos fere, desaponta, ou ainda quando perdemos algo ou alguém que queríamos muito. São sentimentos que fazem parte do Ser Humano e é normal que os tenhamos. O problema se inicia quando estes sentimentos se transformam em mágoa e ressentimento. Observe que ressentir vem do verbo sentir originário do latim Sentimentum que significa sentir de novo. Ou seja toda vez que permitimos que a mágoa e o ressentimento se instalem em nós, estamos re-vivendo (vivendo de novo) e consequentemente dando muito poder àquele evento negativo ou aquela pessoa que nos feriu.

O passo seguinte, que eu considero um efeito colateral destrutivo, é o pensamento repetitivo que sobrecarrega constantemente a mente e o que é pior com um gasto poderoso de energia, desnecessariamente. O resultado é o estresse, ansiedade e até desencadeamento de síndromes do pânico. A mente não descansa, sempre às voltas com os pensamentos que somatizam no corpo em sensações que fazem parecer que tudo está acontecendo de novo.

Na minha prática terapeutica encontrei inúmeros casos de sofrimentos físicos, mentais, emocionais e até espirituais, por conta do envolvimento profundo com a mágoa e o ressentimento. Sentimentos que muitas vezes estão tão camuflados que os vamos arrastando pela vida a fora, sem perceber o enorme dano que nos estão causando.

Há alguns anos atendi uma moça, professora de Yoga e Dança, cuja queixa era cistite recidivante – que sempre voltava – e dor na coluna lombar. Vegetariana, adotava um estilo de vida bem saudável, pouco condizente com as questões de doença que apresentava. No quesito relacionamentos entretanto, residia parte dos seus problemas: estava passando por um processo de divórcio litigioso com o ex-marido e sua relação com a filha adolescente do casal também era tempestuosa. Sentia dificuldade em ‘dividir’ a filha com o pai. Alegava que a menina sempre voltava muito agressiva das visitas quinzenais ao pai.

O curso da terapia, revelou profunda mágoa do seu ex-marido, que se estendia ao seu relacionamento com a sua filha adolescente. A consciência da mágoa, foi um primeiro passo para que pudesse ser tratada, o que fizemos através do floral de Bach: Willow. A essência floral do Willow é muito útil aos que vêem a vida com amargura, ressentimento e mágoa, sentindo-se injustiçados por alguma adversidade que tiveram. É um bálsamo para os que tem dificuldade de perdoar e esquecer. É um floral que nos ajuda a resgatar o otimismo e a fé para que possamos perdoar e esquecer o passado, atraindo as energias positivas pelos nossos pensamentos. Permite-nos observar e perceber que toda situação adversa traz um ensinamento a ser descoberto e alicerça o nosso caminho evolutivo.

O floral Willow foi a 24a essência encontrada pelo dr Bach, na primavera de 1935, em Sotwell, na Inglaterra. É extraído da árvore do Willow uma espécie de salgueiro, muito flexível, que se dobra facilmente. Periodicamente sofre uma poda cruel, quando são cortados todos os seus ramos para fazer vime, usado na fabricação de móveis, restando só o toco da árvore. Como seu crescimento é rápido, logo ela renasce emitindo brotos novos e vigorosos. Vem desta sua característica a força para recomeçar aceitando as podas do passado. Para o dr Bach “no âmago de nossos corações precisamos saber que nossos inimigos são aqueles que nos abrem caminhos porque, ao fazerem isso, constroem um elo quase impossível de quebrar e devemos agradecer-lhes quando se nos opõem”.

Reconhecer e tratar a mágoa, ampliou sua percepção sobre a necessidade de perdoar, libertando-a do ciclo das cistites recidivas. O ex-marido iniciou um novo relacionamento, diminuindo os pontos de atrito e o relacionamento com a filha tornou-se mais leve, podendo ser aproveitado com mais plenitude e presença. Foi fácil perceber que a sua mudança de comportamento gerou mudanças no comportamento dos outros. Consciência gera consciência que só é possível através do auto conhecimento.

Auto conhecimento que é o foco do nosso trabalho aqui no Ser Integral. Nosso desejo é que você – tomando conhecimento de casos como este – também perceba a importância do Auto conhecimento que permite que nos responsabilizemos cada vez mais por nossos pensamentos, palavras, ações e emoções. Quando fazemos isso estamos aprendendo a administrar nossa energia pessoal: nosso maior tesouro!

 Você tem interesse em também aprender a gerenciar e utilizar o melhor possível a sua Energia Pessoal? Entre em contato conosco, através do email rmarrie@gmail.com. Se quiser mais detalhes, visite nosso site e conheça todas as terapias que disponibilizamos com este propósito.

Eu desejo a você uma semana abençoada e plena de consciência e responsabilidade pessoal por seus pensamentos, palavras, ações e emoções.

Um grande abraço e até o próximo post!

PS: Curta e compartilhe nossa fanpage https://www.facebook.com/paginaserintegral/

Anúncios

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: