É Natal…

66-natal

Então é Natal, e nós aqui do Ser Integral, também estamos aqui para desejar a todos que acompanharam nossas publicações ao longo destes meses, um Feliz Natal recheado de fé e esperança num mundo melhor.

Aqui no Ser Integral nos acreditamos que um mundo melhor começa conosco, a partir do auto conhecimento e do amor por nós mesmos (as).

Temos certeza de que todos vocês receberam, se emocionaram e também enviaram lindas mensagens de Natal. Assim, resolvemos fazer um pouco diferente, em vez de trazer mais um mensagem de Natal, escolhemos falar um pouquinho de um dos símbolos do Natal,  que é a árvore do Pinheiro.               

  De acordo com o Dicionário dos Símbolos, o pinheiro representa robustez e vigor, honestidade e virilidade. Sua simbologia está associada à longevidade e à força, a coragem, fidelidade e constância nas adversidades. Considerado um símbolo de imortalidade no Extremo Oriente e um dos principais símbolos do nosso Natal.

O pinheiro é a árvore de Natal, talvez por ser a única árvore capaz de sobreviver às baixas temperaturas do inverno na Europa – continente de onde surgiu a tradição de enfeitar a árvore de Natal, sem que se consiga determinar com certeza se o seu país de origem é a França ou a Alemanha.

São muitas as tradições sobre como o pinheiro começou a fazer parte da festa cristã, uma delas remonta ao século VII, quando São Bonifácio, pregava na Turíngia (uma região da Alemanha) e usava o perfil triangular dos pinheiros como símbolo da Santíssima Trindade (Pai, Filho e Espírito Santo). Com a expansão do Cristianismo, este uso foi sendo adaptado e acabou por se transformar na nossa hoje conhecida Árvore de Natal, que enfeita nossos lares simbolizando que É Natal!

Mas, você que nos acompanha aqui no Ser Integral, já sabe que sempre aliamos a teoria à prática e hoje não vamos fugir à regra, além de trazer informações sobre a simbologia do Pinheiro, nossa Árvore de Natal, vamos também falar sobre seu uso terapêutico na forma do óleo essencial do Pinho ou Pine (em inglês).

Em primeiro lugar, é muito importante ressaltar que o óleo essencial do qual vamos falar é aquele obtido a partir do Pinus sylvestris, já que existem muitas espécies e sub espécies conhecidas pelo nome de Pinheiro.

Outro detalhe não menos importante – do qual sempre falamos por aqui – é a necessidade da consulta e acompanhamento por um aromaterapeuta em qualquer tratamento de saúde que se faça a opção pelos óleos essenciais. Ou seja desaconselhamos totalmente a auto medicação.

A idéia é trazer a informação das maravilhosas possibilidades e propriedades terapêuticas do óleo essencial do Pinho, para o seu conhecimento, de que existem práticas que podem ser complementares e auxiliares aos tratamentos ortodoxos e convencionais. E o melhor de tudo na minha opinião: de forma aromática e prazerosa.

De acordo com a aromaterapeuta Patricia Davis, as principais aplicações do óleo essencial do Pinho dão-se no tratamento de infecções respiratórias. É expectorante, e um antisséptico pulmonar muito poderoso. Recomenda sua utilização, preferencialmente, em inalações à vapor. Também considera as inalações com o óleo de Pinho igualmente eficazes em casos de resfriados, catarro ou garganta inflamada, podendo ser usado em conjunto com o óleo essencial de Tea Tree (do qual ainda falaremos por aqui).

A árvore do Pinheiro tem seu uso consagrado em muitas civilizações antigas, desde os antigos egípcios que comiam seus frutos adicionados ao pão até aos nativos americanos que queimavam as folhas jovens dos topos da árvore em seus rituais de purificação do espírito. Na Suíça seus antepassados usavam suas folhas agulhadas secas para encher os colchões, com a finalidade de tratar disfunções respiratórias.

O tratamento com óleos essenciais ou Aromaterapia, é um tratamento holístico (do grego “holos” que significa todo, inteiro) exatamente a abordagem que sempre trazemos aqui no Ser Integral. Ou seja compreender o Ser Humano em sua integralidade: física, mental, emocional e espiritual. Assim, o óleo essencial do Pinho além de tratar disfunções físicas, de modo especial as doenças respiratórias – por suas ação bactericida, antisséptica e anti viral – também é muito especial para tratar aqueles que se sentem culpados. Considerado um símbolo da redenção, confere libertação  da escravidão de sentir CULPA, sentindo-se às vezes pecador diante de Deus e de si mesmo (a). O óleo do Pinho, assim como o floral de Bach Pine, são especialmente curativos para aqueles que precisam perdoar a si próprios.

O sentimento de culpa é um algoz que se deixarmos não nos dá trégua. Sempre traz junto com ele uma Tristeza associada, que segundo a Medicina Chinesa adoece os nossos pulmões. O pinho – este presente da sábia Mãe Natureza – traz a cura e o alívio para os que padecem da culpa tanto no corpo físico, quanto na mente e na emoção.

O Pinho então, ajudaria a limpar os canais que nos ligam à fonte de força interna indestrutível, saudável e equilibrada. Ajuda a abrir novos portais para uma vida de mais serenidade, discernimento, assertividade e coragem para a Alma. Mais importante, ajuda no despertar da virtude (talvez a mais importante) que permite trabalhar a CULPA de forma equilibrada: a HUMILDADE. Isso mesmo, a humildade nos permite ser flexíveis com os nossos próprios erros, corrigindo-nos com amor. Somos seres em evolução, o aperfeiçoamento, portanto é contínuo.  Estamos sempre em construção. Hoje melhor que ontem, sempre.

Para finalizar, gostaria de enfatizar que o uso de qualquer óleo essencial de forma terapêutica deve ser feito sempre com o acompanhamento de um profissional credenciado. Seu consumo interno deve ser evitado, por sua toxicidade ao Ser Humano. No caso específico do óleo de Pinho, seu uso em concentrações elevadas pode acarretar irritação cutânea, em pessoas de pele sensível. E anote aí para não esquecer, óleo essenciais são extremamente concentrados (observe que são armazenados em pequenas quantidades que variam de 3 a 11 ml) devendo ser utilizados diluídos (em geral) em óleos vegetais carreadores.

Eu desejo a você e a todos que você ama, um Natal abençoado, pleno de paz e alegria na presença do Mestre Jesus, cujo nascimento celebramos nesta data. Que a energia curativa do óleo essencial do Pinho ilumine sua Alma, com a benção da humildade e do perdão a si mesmo(a) e aos outros. E que este energia lhe traga coragem, força interior e vitalidade para vencer seus desafios. Afinal é tempo de renovar, celebrar a vida e espalhar o Amor!

Um grande abraço de luz dourada e até o próximo post

Para saber mais:

https://www.dicionariodesimbolos.com.br/pinheiro/

Davis Patricia  – Aromaterapia – Livraria Martins Fontes Ed Ltda – 1996 – São Paulo SP

Vera Lúcia Guedes –http://www.veraguedesaroma.com/

Anúncios

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: