Como fazer da Alegria uma aliada

00-alegrias

Olá pessoal, semana passada nosso tema foi como aliviar o medo com os florais de Bach. A repercussão foi incrível. Muita gente se identificou, ou algum familiar ou ainda um amigo. Isso é maravilhoso porquê como já compartilhei aqui em outros textos, os florais de Bach são remédios extraídos das flores que podem ser utilizados por todos, sem contra indicações e sem efeitos colaterais. Podem ser utilizados juntamente com outros medicamentos. Entretanto é sempre importante ressaltar que jamais devem substituir um tratamento ou consulta ao seu médico. Além disso são fáceis de encontrar e você ainda pode adquiri-los na internet através de sites confiáveis como o monas.com.br/loja3. Eu compro os meus florais lá há muito tempo e confio no trabalho deles. E um detalhe importante não ganho nada para recomendá-los. Apenas, quero ter a certeza de que todos vocês estarão adquirindo os florais de um revendedor confiável.

Dá para perceber que eu sou apaixonada pelos Florais de Bach não é? E sou mesmo mesmo! Pela sua simplicidade e eficácia. E tem mais, você pode e deve conhecer outros sistemas florais. Existem muitos, inclusive brasileiros. Eu falo dos florais de Bach porque são os que conheço, utilizo e portanto posso recomendar.

Mas o assunto de hoje também me encanta verdadeiramente, igualmente pela simplicidade da sua prática. Isso mesmo, estou falando da emoção da Alegria. A emoção mais prazerosa de sentir porque está ligada à nossa busca pela felicidade. Afinal o Ser humano nasce para ser Feliz.

E mesmo que alguns discordem, ser Feliz é uma escolha que fazemos diariamente ao acordar, quando escolhemos agradecer em vez de reclamar. Um novo dia nos é dado como um presente precioso e só precisamos aproveitá-lo. Quando escolhemos aliar a prática da Gratidão à emoção da Alegria, estaremos verdadeiramente no caminho da Felicidade. 

De acordo com o dr Neil Hamilton Negrelli Jr, médico formado pela USP, especializado em Cirurgia Crânio Cérvico-Facial, presidente da Sociedade Brasileira de Neurociência, em seu livro  Defina seu Rumo, escrito juntamente com Ana Carolina Chaves, existem, basicamente, dois tipos de Alegria:

  • Alegrias de curto prazo e,
  • Alegrias de longo prazo.

Segundo estes autores a Alegria de curto prazo é fundamental para nossa vida.  É aquela alegria momentânea. A que sentimos quando vamos a uma festa, ouvimos uma piada, vemos um filme engraçado. No momento dessa alegria soltamos a criança que existe dentro de nós. Quando somos criança, somos extremamente criativos, não temos vergonha. Manter esse tipo de atitude é ótimo para nossa vida. Muitas pessoas supõem que para amadurecer é necessário deixar de lado toda a criança que existe em você. Isso não é verdade, não precisamos abandonar toda a criança que temos conosco para alcançar a maturidade. A maior prova de maturidade é saber cuidar de nossas “cinco saúdes”*e não matar a criança que existe em você.

Esse tipo de alegria é excelente, porém requer um certo cuidado. O que pode ocorrer com a alegria de curto prazo é a falta de limite. Sair um dia da semana para bater um papo com os amigos e dar risada é fundamental e devemos realmente possuir esse tipo de hábito. O problema é quando você sai uma, duas, três, quatro vezes por semana e quando percebe está saindo todos os dias com os amigos. Isso com certeza não causará um bom resultado com o seu parceiro, ou mesmo com sua mãe. Como a sensação que você sente é prazerosa, a tendência é continuar. Isso pode resultar em um certo arrependimento futuro. Algumas pessoas acabam caindo em estados mais drásticos: drogas, bebidas alcoólicas, podemos até mesmo citar o ato sexual sem os cuidados necessários, o que pode ocasionar em doenças ou em um filho no momento inadequado. A alegria de curto prazo pode fazer com que a pessoa perca coisas preciosas de sua vida por essa falta de limite, que é uma de suas características. É necessário ter atenção e buscar o equilíbrio. Auto conhecimento é fundamental neste processo de observação.

Alegrias de longo prazo: são aquelas alegrias que vamos conquistando ao longo de nossas vidas. Conforme caminhamos na busca de nossa missão. As conquistas que vamos realizando em cada passo que damos nesse caminho, cada passo vai gerando esse tipo de alegria. Esse caminho é prazeroso. 

Em geral esse tipo de alegria esta ligada às pessoas de nosso convívio que são importantes para nós porque as amamos. Ela está muitas vezes junto de nossos familiares. Essa alegria é a mais importante e devemos buscá-la constantemente.

Então pessoal, agora é mão na massa: Como? Praticando!

  • Cuidar das nossas cinco saúdes: física, mental, emocional, financeira e espiritual;
  • Cultivar e manter viva a nossa criança interior;
  • Curtir as alegrias de curto prazo com equilíbrio e sabedoria e
  • Conquistar as alegrias de longo prazo através da prática do foco, paciência, perseverança e sobretudo Gratidão.

Se você gostou deste post, curta e compartilhe nossa fanpage Ser Integral. Se tiver dúvidas ou quiser iniciar ou manter um programa de desenvolvimento das cinco saúdes de alto nível, mande um email para rmarrie@gmail.com ou entre em contato aqui mesmo no blog serintegralsaude.wordpress.com

Um grande abraço e nos vemos no próximo post!

Fonte: Defina seu Rumo – Ed Angelloti – Neil Hamilton Negrelli e Ana Carolina Chaves.

Anúncios

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: