Honrando nossas emoções

02-ser-amor

Saúde Integral pressupõe a busca da inteireza em nosso Ser. Isso significa equilibrar o que pensamos e sentimos com as nossas ações. É um desafio e tanto, mas que quando alcançado nos permite viver melhor e com muito mais Saúde.

Para falar sobre este assunto vamos começar com o significado da palavra emoção porque na tríade acima ela tem um papel fundamental. A palavra emoção deriva do latim emovere, onde o e significa ‘fora’  e movere significa movimento. Ou seja movimento para fora. Extensamente estudada por teóricos notáveis nas áreas da Psicologia, Filosofia, Sociologia e da Neurologia, a emoção tem sido conceituada e explicada de muitas formas. Deste conceitos escolhi a abordagem neurológica, postulada por Bud Craig em 2003, na qual nos fala sobre as  emoções homoestáticas humanas. Ditas emoções são sentimentos evocados por estados internos corporais, cada um modulando nosso comportamento. Sede, fome, sentido de calor ou frio, sentimento de sono, desejo de sal e ar, são exemplos de emoções homeostáticas; cada uma é um sinal do corpo dizendo “Coisas não estão certas em mim, preciso de bebida/comida/movimento para obter sombra/calor/dormir/comer sal/respirar”.

Ainda de acordo com Craig nós começamos a sentir uma emoção homeostática quando um desses sistemas sai do balanço ou equilíbrio, e o sentimento nos impele a fazer o que seria necessário para tornar o sistema balanceado novamente. Dor é uma emoção homeostática que diz “Alguma coisa não está certa aqui. Recolha-se e proteja-se.”

E esta é a dica de hoje: Ter em mente que as nossas emoções são reais e não devem ser ignoradas como se não existissem ou descartadas como se não tivessem valor. Para D Miguel Ruiz Jr, as emoções criam a mais autêntica âncora que temos. As emoções nos ajudam a nos comunicar. São as expressões mais autênticas de nós mesmos. Não podemos ignorá-las. Emoções desconfortáveis são como alarmes de carros: nos avisam de que há um problema a ser observado, uma ferida a ser tratada, de modo que possamos acessar a nossa Verdade, quem de fato somos e o que é bom para nós. Só nós podemos fazer isso. Só nós podemos honrar nossas emoções, conferindo-lhes o valor que tem, de ser como faróis a nos guiar no caminho do coração.

Honramos nossas emoções quando percebemos que elas são uma expressão de como nos sentimos e onde precisamos colocar nossa atenção. E aí vale um alerta importante. Honramos nossas emoções quando temos consciência de que elas podem ter sido desencadeadas por um motivo não verdadeiro. Por exemplo: Estou muito feliz vivendo um relacionamento de parceria e amor e de repente motivada por experiências anteriores começo a ter medo de perder a pessoa amada. Da emoção da felicidade passo repentinamente para o medo, a tristeza e a dor. Neste momento podemos examinar esta emoção e recuperar o poder de escolher entre ficar com a memória do passado (neste momento ilusão) ou abandoná-la e construir/vivenciar um momento novo.

Honrar nossa emoções nos permite assumir a responsabilidade por nós mesmos e pela nossa realidade. Somos os responsáveis pelas severas críticas que nos impomos constantemente e que consomem nossa energia criativa e criadora. Assumir a responsabilidade de viver a vida ao máximo a qualquer momento é o nosso desafio. Há um campo infinito de possibilidades à nossa frente, aguardando por nosso primeiro passo. Podemos dar esse passo e os próximos usando nossas emoções como faróis e âncoras, confiantes que podemos faze-lo. Esta consciência do nosso Potencial Infinito nos devolve a liberdade de Ser.

Não posso finalizar meu post de hoje sem a dica prática que norteia meu trabalho. Isso mesmo, para mim, uma idéia, um construto teórico ou um conceito só acontecem de fato quando o colocamos em prática. Assim, a forma mais prática de honrar nossas emoções é assumir que o sentido da vida é amar e que fazer isso é uma escolha. Essa escolha ilumina minhas ações e me ilumina. Eu sou o Amor. Afinal tudo que temos e somos é o Amor.

Escolher e assumir ser Amor, harmoniza e equilibra o Chakras Cardíaco e Cardíaco Superior responsáveis pelo nosso coração e pela glândula do Timo, responsável pela nossa Imunidade. Imunidade em alta, saúde garantida! Adeus vírus, bactérias, doenças oportunistas. Ah e lembre-se de perdoar-se a si e aos outros. O perdão é altamente curador. E na maioria das vezes temos mais dificuldade com o auto perdão. Lembre-se que você sempre fez o seu melhor naquele momento. Liberte-se da culpa e agradeça por todas as suas experiências agradáveis e desagradáveis. Elas são como blocos de construção no caminho do Ser Amor.

Eu desejo a você uma linda semana plena da energia Verde e Rosa do Amor.

Se você gostou deste post, curta  e compartilhe nossa página Ser Integral no Facebook.

Um grande abraço e toda Luz

Fontes:

D. Miguel Ruiz Jr – Os cinco níveis de Apego – Ed Best Seller

https://pt.wikipedia.org/wiki/Emoção

Anúncios

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: