Suco Verde e Saúde

01-03_suco-verde_equilibrada

Olá pessoal, falamos um pouco (ou foi bastante?!) sobre os Ciclos Femininos do Climatério e Menopausa, seus desafios e conquistas e prometemos que traríamos dicas práticas de como enfrentá-los com saúde e disposição. Entretanto estas dicas são úteis para todos, homens e mulheres, jovens, maduros e ‘envelhecentes’. Afinal saúde é tema que não se esgota e quanto mais cedo nos responsabilizamos com seu cuidado melhor!

E já que falamos em responsabilidade, quero te lembrar algo que já falei aqui algumas vezes. Para mim prevenção e promoção da saúde não se restringe a fazer visitas anuais ao seu médico do convênio, particular ou do posto de saúde para fazer exames de rotina e receber o sinal verde de que está tudo bem, porque não foi encontrada nenhuma doença. Aí voltamos liberados para casa porquê não temos doenças. Ou seja recebemos pouca ou nenhuma orientação de como continuar saudáveis! E aqui não quero creditar toda responsabilidade pelo sistema à Medicina que temos aí, porque ela é o resultado do que exigimos dela/deles. Nós permitimos que seja assim. Recebemos os resultados negativos para doenças como o passaporte para continuarmos, no mínimo ‘desapercebidos’ de nós mesmos.

E quando os resultados apontam finalmente as doenças? Aí recebemos uma receita com uma lista de medicamentos e algumas orientações restritivas para seguir. Entretanto basta um olhar mais atento e vamos perceber que já se fala em epidemia de Síndrome Metabólica que segundo a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia é um conjunto de doenças cuja base é a resistência insulínica. Entre elas vamos encontrar: diabetes, hipertensão, obesidade, colesterol e triglicerídeos altos. E se você tiver a ocorrência de três destas disfunções será diagnosticado como portador da Síndrome Metabólica.

Bem, mas o nosso propósito não é falar destas doenças e sim do que você pode fazer para não entrar nesta estatística dolorosa ou sair dela se já chegou lá. Claro que os médicos estão sempre falando muito rapidamente (o tempo das consultas é curto!…) sobre o que fazer para evitar estas doenças e as recomendações podem e devem ser seguidas: controle do peso, prática de exercícios físicos regulares e alimentação saudável. Vamos ouvi-los!

Você já parou para pensar que o Ser Humano é o único animal do planeta que tem uma velhice tão sofrida? Todos os outros mamíferos, quando ficam velhos morrem muito mais rápido, desde o momento em que aparecem os primeiros sintomas de velhice. Claro que as exceções ficam por conta dos animais domésticos que tem uma dieta bem semelhante aos seus donos. Ou seja estamos vivendo mais, e doentes. É urgente acrescentar mais VIDA  e SAÚDE a nossa longevidade atual.

Por esta razão a dica de hoje é  simples, fácil de seguir e é bem possível que você já conheça ou até já esteja fazendo. Trata-se do suco verde. O uso regular do suco verde pode ser um poderoso instrumento da Natureza para – de fato – te ajudar a prevenir e promover Saúde.

O suco verde permite um sem número de combinações e pode variar muito dependendo do objetivo de cada um. Se o objetivo for desintoxicar de forma intensa, o ideal é usar apenas frutas não doces como o pepino, tomate, pimentão e a abobrinha, que botanicamente são considerados frutas não doces.

Há especialistas em dietas à base de sucos verdes ou vivos, que trabalham com duas linhas bem distintas: os que usam frutas  e os que não usam frutas. Para facilitar sua prática, separei algumas receitas dos sucos mais conhecidos e utilizados nos melhores spas crudívoros do mundo, bem como de projetos muito brasileiros como o Bio Chip da professora de Design da PUC-Rio, Ana Branco, e o Projeto Comida Ecológica do Engenheiro Ambiental, Daniel Francisco de Assis.

Suco Verde: Tem grande poder de desintoxicação, fácil assimilação, rápida absorção e tem grande capacidade de alcalinização. Indicado para reverter quadros de doença e  auxiliar na perda de peso, promove alta mineralização do corpo, além de fortalecer o sistema imunológico. Sua receita padrão deve conter 10% de suco de folhas e 90% de vegetais ou frutas não doces (que já exemplificamos acima). Utilize 2 pepinos, 1 folha de couve e 1 cm de gengibre. Bater todos os ingredientes no liquidificador e coar usando um tecido de voal ou utilizar uma centrifuga.

A única fruta que pode entrar neste suco é a maça, de preferência verde, se você tiver dificuldade com o sabor. Mas o efeito alcalinizante e desintoxicante será otimizado se não contiver fruta. À medida que se acostumar com esta receita, pode variá-la acrescentando 1/2 chuchu, 1 punhado de hortelã, abóbora ou abobrinha picadas, folhas de acelga, aipo e alface. O pepino deve sempre estar presente porque além de altamente alcalinizante, contribui com a água necessária para favorecer o processo de liquidificação. Deve ser feito e consumido imediatamente, de preferencia de manhã, em jejum. Importante ressaltar que ele não deve ser usado como refeição.

Vitamina Verde ou Green Smoothie: Divulgado por Victória Boutenko, em seu livro Green for Life, é utilizado como alimento, principalmente primeira refeição. Utiliza folhas verdes na proporção de 40%, frutas na proporção de 60% de água. Uma receita básica desta vitamina deve conter basicamente:

– 1 xícara (chá) de folhas verdes ( se colocar mais, melhor);

– 2 xícaras (chá) de frutas macias;

– 1/2 xícara (chá) de água ou água de coco.

Para facilitar a adaptação a esta vitamina é importante observar algumas dicas como: não coloque muita folha no início. Vá experimentando e acrescentando gradativamente. Respeite as quantidades de água para conseguir o equilíbrio entre o muito denso e o aguado e pouco doce. Das frutas, entretanto, você pode abusar. Seu paladar é mais conhecido!

Com relação às folhas, prefira as mais escuras, sendo a couve a mais conhecida. As menos populares e que devem ser usadas em pequenas quantidades são o agrião, a mostarda, a folha de cenoura, alface roxa e romana. Quanto às frutas, escolha aquelas que podem ser liquidificadas e que adquiram uma consistência cremosa e sem fibras como a banana por exemplo. Dentre as que não devem ser usadas estão: caju, maracujá (pelas sementes) e qualquer fruta dura ou com sementes como a uva. Experimente esta receita: 1 manga média,1 banana e de 2 a 4 folhas de couve grandes. Teste o sabor e acrescente mais fruta ou água de coco se achar que ficou muito consistente. Observe que esta vitamina é tomada sem coar. Agora é só usar a criatividade e aproveitar uma refeição nutritiva, saborosa e leve. Bom apetite!

Suco de luz do sol: Divulgado por Ana Branco, criadora do Projeto Bio Chip, este suco foi criado na PUC Rio. É Utilizado como desejum. Feito de sementes germinadas, folhas verdes, maça como única fruta para adoçar, raízes e vegetais. Muito nutritivo, seus benefícios são percebidos na primeira semana. Vale a pena experimentá-lo por, no mínimo, 15 dias ininterruptos.

Anote alguns dos ingredientes que pode utilizar: Maça, batata-doce, cenoura, beterraba, chuchu, pepino, gengibre, couve, acelga, alface, hortelã, alecrim, capim limão e um ingrediente muito importante que não poderá faltar – sementes germinadas de girassol, alpiste, e linhaça.

Para prepará-lo precisará de um pouco mais de tempo, principalmente se o seu liquidificador não for muito potente, mas não desanime! Comece batendo no liquidificador a maça e os vegetais que possuem mais líquido, como o pepino e o chuchu. Coar. Bater novamente usando este líquido da primeira batida, juntando as folhas e as sementes germinadas. Coar. Bater novamente com o líquido da segunda batida, agora com as raízes. Finalize coando e tome respirando e agradecendo a natureza pelo presente maravilhoso para suas células. Aproveite o momento para sentir a vida invadindo seu corpo. Bom apetite!

Acho que este é o maior post que eu já compartilhei aqui com vocês… e estou muito feliz com este tema. Tenho absoluta certeza de que as informações que estão aqui podem ser uma vigorosa semente de mudança para sua vida e saúde. Abaixo vou deixar as fontes para que você aprofunde seu conhecimento se quiser. Eu mesma fiquei surpresa com a riqueza dos sucos verdes e vivos. Faço uso dos sucos verdes há alguns anos e sou testemunha de seus benefícios. Experimente você também! Compartilhe com seus amigos e familiares e seja a mudança que você quer ver no mundo.

Grande abraço e ótima semana. Nos vemos no próximos post.

 

Fontes: Suco Vivo – Daniel Francisco de Assis – Ed Alaúde, 2010. São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: