Outubro Rosa II

doce (1)

Semana passada falamos da importância de mantermos o nosso sistema imunológico forte e o mais protegido possível do ataque dos radicais livres tão prejudiciais à nossa saúde. Este é um assunto que não se esgota porque é fundamental na prevenção e manutenção da saúde, bem como da qualidade de vida.

Como estamos no mês dedicado à prevenção do câncer de mama, vamos manter o tema compartilhando mais informações sobre como melhorar o sistema imunológico, combatendo os radicais livres, retardando os sinais do envelhecimento e vivendo com muito mais alegria, bom humor e disposição. Sim porque este conjunto de fatores é uma base segura e real de prevenção não só dos diversos tipos de cânceres como de tantas outras doenças degenerativas.

Com este intuito, é importante lembrar que os cânceres são mais frequentes no Ocidente e vem aumentando consideravelmente desde 1940, a ponto de ser considerado quase uma epidemia. Por esta razão pesquisadores como do Dr Servan-Schreiber em seu livro Anticâncer, levantou três fatores cruciais que abalaram nosso meio ambiente nos últimos sessenta anos:

1. O aumento considerável no consumo de açúcar;

2. A transformação da agricultura e da criação de animais, e consequentemente nossa alimentação;

3. A exposição a múltiplos produtos químicos que não existiam antes de 1940.

Hoje vamos analisar apenas o açúcar, porque dele podemos nos ocupar imediatamente, fazendo as mudanças necessárias para nos garantir uma prevenção efetiva. O consumo humano de açúcar refinado conheceu uma verdadeira explosão. Para você ter uma idéia, na época paleolítica quando nossos genes se desenvolveram, consumíamos apenas 2 kg de açúcar refinado por ano e por pessoa. No final do século 20 entretanto (pasme!) saltamos para astronômicos 70 kg por ano! Isso mesmo uma overdose de acúcar branco, refinado, capaz de fazer subir rapidamente a taxa de glicose no sangue e em consequência obrigando o organismo a liberar imediatamente uma dose de insulina para permitir que a glicose penetre nas células. Junto com a secreção da insulina vem a liberação de uma molécula chamada IGF, cuja característica é estimular o crescimento das células, aumentando fatores de inflamação que agem como adubos em favor dos tumores.

Segundo o historiador Fernando Carvalho em seu livro “Acúcar, o perigo doce”, o açúcar é um veneno na alimentação da humanidade contemporânea. Considera-o uma substância agressora do organismo, responsável pela epidemia de cárie dentária, isenta de nutrientes, adiciona calorias vazias, desidrata, rouba vitaminas e sais minerais do corpo, além de vir acompanhada de lixo químico fino e contribuir para inflamação crônica generalizada. Por esta razão o acúcar agride os vários sistemas do corpo: endócrino, imunológico, vascular e em especial o metabolismo do qual dependem todas as funções do organismo.

Já em 1931, o dr Otto Warburg, ganhou o Prêmio Nobel de Medicina naquele ano, demonstrando que células cancerosas são o resultado de uma alimentação acidificante e de um  estilo de vida sedentário que criam um ambiente ácido no organismo. Este ambiente ácido dificulta a circulação sanguínea privando as células de receberem o oxigênio necessário ao seu funcionamento saudável . Pondo em risco  o funcionamento correto das células, especialmente o processo  normal de apoptose (morte das células danificadas ou com problemas).

Você pode estar se perguntando e o que o açúcar tem com isso? Ora o acúcar é considerado um dos ‘alimentos’ mais acidificantes do nosso meio interno, especialmente se levarmos em conta o aumento significativo do seu consumo em nossa dietética moderna. Está presente e camuflado na maioria dos alimentos industrializados tão presentes em nossas mesas. Confirmando que o aumento de seu consumo, pode sim ser um dos grandes responsáveis pela epidemia de cânceres que vivemos.

E agora o que fazer com esta informação, que já está disponível há tanto tempo? Adote imediatamente uma alimentação isenta dos refinados como açúcar e farinha brancos, arroz branco e cereais não integrais. Faça a opção pelas frutas, legumes, verduras e hortaliças locais e orgânicas. Visite as feiras livres de sua cidade, prestigiando os produtores locais e incentivando o cultivo de alimentos sem agrotóxicos.

Esta atitude aliada a exercícios físicos moderados, de acordo com a sabedoria de seu corpo, garantirá um organismo livre da acidificação e células renovadas pelo fluxo sanguíneo do movimento. Porque só existe um jeito de levar sangue oxigenado às suas células, para mante-las saudáveis é através do movimento. Portanto, mexa-se!

Espero de verdade ter despertado seu interesse numa prevenção verdadeiramente eficaz dos cânceres e outras doenças degenerativas do nosso tempo. Abandone de vez a atitude ‘paciente’ de apenas fazer exames que vão revelar o mais cedo possível a existência da doença. Ao contrário assuma o comando da sua saúde, adotando um estilo de vida onde você se responsabiliza por sua semeadura e respectiva colheita.

Eu desejo a você muita coragem para ser o seu melhor cuidador. Afinal cuidar-se é amar-se!

E se quiser saber mais, escreva um comentário, mande um email. Pode inclusive sugerir novos temas. O que gostaria de ver aqui?

Ótimo final de semana, grande abraço e nos vemos nos próximo post.

Anúncios

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: