A Pariparoba e seus encantos

pariparoba

Nosso tema da semana são as maravilhosas propriedades da Pariparoba e seus encantos. Isso mesmo, encantos, porque suas múltiplas possibilidades de uso são de fato e de direito uma verdadeira fonte de encantamentos.
Trata-se de um sub arbusto perene que cresce espontaneamente em quase todo território brasileiro. Seu nome botânico é Piper umbellatum L., mas é conhecida por vários nomes populares como caapeba, capeba, pariparoba entre outros.
Velha conhecida da medicina popular para tratar males do fígado, estômago e todo trato digestivo como baço e pâncreas, acabou se tornando objeto de pesquisa da Faculdade de Ciências Farmacêuticas da USP (Universidade de São Paulo) que a partir de 1998 iniciou pesquisas para comprovar as propriedades que dela se dizia. O resultado das pesquisas, entretanto,  apontou para  um poderoso efeito antioxidante nas suas raízes. Ou seja a pariparoba fornecia elementos que combatiam os radicais livres, aquelas ‘criaturinhas’ – nossas velhas conhecidas – que hoje sabemos são responsáveis pelo envelhecimento precoce, surgimento de câncer, doenças cardiovasculares e doenças degenerativas como o Mal de Alzheimer. Trocando em miúdos os princípios ativos da pariparoba podem, então combater ou atrasar a ação dos radicais livres, sendo assim uma grande aliada na prevenção das doenças decorrentes da oxidação do nosso organismo, especialmente no tocante a pele.
A pesquisa conduzida pela Faculdade de Ciências Farmacêuticas da USP acabou sendo direcionada para a área da cosmética, resultando na aquisição da patente pela Natura para desenvolvimento de produtos de uso cosmético como gel, creme e filtro solar.
Mas o meu objetivo com este texto é chamar sua atenção para outras possibilidade de uso da pariparoba: na alimentação! Isso mesmo, defendo ardentemente a máxima do mestre Hipócrates “Que o teu alimento seja o teu remédio e o teu remédio seja o teu alimento”.
A Pariparoba é consumida nas Filipinas para cozinhar peixe, em substituição ao papel alumínio. Além de saborosíssima, se torna ecológica.  É uma ‘pimenta’ e planta aromática, portanto use com delicadeza e parcimônia, mas sem medo de errar.
Sabe aquela receita árabe de charutos de folha de uva ou repolho recheados? Você pode substituir por folhas de pariparoba. Também pode usar suas folhas em receitas de papelote e refogada como a couve. Eu experimentei refogada juntamente com a couve e adorei! Perfumada e para o meu paladar mais gostosa que a couve!
A grande vantagem de consumir a Pariparoba é sua riqueza em minerais como o Zinco, Cobre, Potássio, Cálcio, Magnésio, Fósforo, Sódio, Manganês, Cobre e Ferro, além das vitaminas B1, B2, C, E e betacaroteno. Uma riqueza! Além é claro de ser antioxidante (lembras-se?) e excelente no tratamento dos males digestivos, e estimulante das funções estomacais, hepáticas, pancreáticas e do baço.
Claro que também pode aproveitar suas propriedades num maravilhoso chá para aqueles dias em que comeu ou bebeu um pouco além da conta: Coloque uma colher de chá de folhas picadas numa xícara de água fervente. Tampe durante 5 a 10 minutos e tome em seguida. Se quiser usar como um tratamento pode faze-lo durante 15 dias seguidos, na dosagem de 1 xícara de chá em jejum pela manhã e outra antes do almoço. Se costuma tomar chá de plantas consideradas hepáticas ( boldo, carqueja etc…)vai adorar a Pariparoba que não tem seu amargor característico. É uma delícia. Experimente!

Estou muito feliz de estar aqui falando para você do meu amor pela Pariparoba. Desejo de todo coração despertar seu interesse por ela e quem sabe experimentar seus poderes. Se quiser saber mais ou tirar alguma dúvida estou sempre disponível no email: rmarrie@gmail.com

Grande abraço e até o próximo post!

Anúncios

3 comentários em “A Pariparoba e seus encantos

Adicione o seu

    1. Olá Marta, boa tarde!

      Muito obrigada por seu comentário. É muito bom saber que pessoas como você – fã das plantas medicinais, gostou do meu texto. É para pessoas como você que eu compartilho um pouco do que aprendi sobre elas.
      Já experimentou a pariparoba na alimentação? No lugar da couve ela é fantástica. E o chá é uma benção para males estomacais, pra falar o mínimo sobre ela.
      Um grande abraço verde para você!

      Curtir

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: